Conheça os Escoteiros de Pernambuco – O front man da banda teen Write Love fala sobre sua vida de Escoteiro.


Nossa entrevista hoje é sobre uma história de sucesso de um menino que sendo Escoteiro tornou-se o front man , líder de um das bandas teen mas badaladas do momento, eu conheço Bruno pessoalmente e sei que ele é um cara muito persistente, eu lembro que junto com Diviol Lira ,

que hoje diretor da APE, ele criou nos Escoteiros

de Igarassu uma banda chamada “IMPISA”, quem é escoteiro sabe o que esse nome quer dizer, essa banda tinha o intuito de tocar músicas escoteiras com um novo remak. Por muitos motivos a banda IMPISA não vingou mas Bruno não desistiu e continuou, hoje ele é líder da banda Write Love que ta fazendo a cabeça da galera teen. Segue a entrevista com Bruno Rodrigues.

Nome Completo:Bruno Rodrigues

Profissão:Músico

Grupo Escoteiro/Cidade: Escoteiros de Igarassu. 

  1. 1.     Há quanto tempo e onde ingressou no Movimento Escoteiro?

R- Ingressei em 2002 por indicação da minha tia, eu procurava alguma atividade extracurricular, já tinha

passado por escola de futebol, natação e academia mais o que mais despertou meu interesse foi o escotismo, sempre tive vontade de conhecer sobre. Sem falar na quantidade de amigos que pude fazer nesse meio tempo.

  1. 2.     Existe alguma pessoa ou chefe que dentro do Movimento Escoteiro se tornou referência? 

R- Fui da época do chefe Narciso Félix de Araújo, na minha opinião não existe personalidade comparável aquele homem, ele tinha um talento de com poucas e naturais palavras falar tudo que tinha pra ser falado.

  1. 3.     Quais são as melhores recordações ao lembrar-se de tudo que passou dentro do Movimento Escoteiro?

R- As maravilhosas amizades que gostaria de ter levado TODAS pra o resto da vida, quando eu era do movimento nunca pensei em me afastar daquela galera, mais é como amigos de “ensino médio” você só sente na real quando termina o período e tem que se afastar por alguma coisa. Outro ponto muito legal eram as viagens e locais que conhecemos graças ao movimento, minhas primeiras viagens foram com o grupo. O ELO de 2003 na cidade de Belo Jardim, essa foi minha primeira viagem e a primeira vez que dormi fora de casa, sem falar que conheci meu primeiro amor lá, uma pseudo-paixão mais olha, ando falando sobre pseudo paixões até hoje.

  1. 4.     Em relação à vida profissional, o Escotismo contribui para o desenvolvimento de suas atividades?

           R – Com certeza, como trabalho com música, viagens e turnês constantes levei as leis do escotismo pra o resto da vida. No Rock a vida é inconstante repleta de correria mais sempre lembro da lealdade, companheirismo e acima de tudo a força de vontade de fazer acontecer.

  1. 5.     O que faz com que você acredite nos princípios do Escotismo e esteja atuando no Movimento?

R- Sem sombra de dúvidas é uma coisa que como eu disse anteriormente foi algo que moldou minha formação, se sou o que sou hoje foi graças a minha adolescência moldada pelo escotismo, é interessante chegar a uma casa de shows encontrar 200 ou 4000 cabeças que acreditam e usam das palavras que falo em um palco, saibam todos que muitas vezes uso de preceitos básicos que aprendi no escotismo. Baita PREZA!

  1. 6.     Qual mensagem que você deixaria para os que querem ingressar, e acreditam no Escotismo como forma de educar e formar cidadãos?

R- Entrem e absorvam tudo que puderem e vivam de verdade isso, agora vivam como se cada dia fosse o ultimo de suas vidas, sem rolar a vibe do arrependimento. E sem sombra de dúvidas nunca desistam dos seus sonhos.

  1. 7.     Dentre tantas lições e aprendizado, qual dos maiores ensinamentos que o Escotismo te trouxe?

R- A saber dar valor as pequenas coisas da vida. Cada pequeno gesto do próximo é algo impar, é muito legal você ajudar alguém sem esperar nada em troca. Na maioria das vezes você é recompensado por isso sem precisar ficar barganhando algo.

  1. 8.     Em relação ao Escotismo em Pernambuco no momento, o que você opina?

R- Na verdade eu venho acompanhando o escotismo bem de longe atualmente como um real espectador, mais anda bem diferente do meu tempo. Acho que falta mais divulgação da mídia pra ser mais valorizado.

  1. 9.     Qual frese de BP ou outra personalidade do Escotismo você escolhe, para representar sua atuação no Movimento Escoteiro?

R- Se tiver o hábito de fazer as coisas com alegria, raramente encontrará situações difíceis.

“Nunca desistam dos seus sonhos, o impossível não existe”

Bruno Rodrigues

Para contactar a Banda Write Love:

contratewritelove@hotmail.com 

sonorarecife@hotmail.com

+55 (81) 8652-4524

Link:http://www.youtube.com/watch?v=ei9uMBUqSB8&feature=related

Os comentários estão desativados.