O corpo seco de aliança.


O corpo seco é uma lenda que existe em várias regiões do Brasil é pouca conhecida aqui no Nordeste, mas na cidade de Aliança em Pernambuco falar Corpo Seco é quase que como fala algo proibido pelo menos até os meados da década de 60. O Corpo Seco é um homem ou mulher que não respeitava sua mãe nem seu pai e por isso quando morreu foi rejeitado por Deus e pelo Diabo, impedido de entrar no céu e barrado no inferno, o Corpo Seco vaga pela terra assombrando as pessoas das terras onde ele vivia, não possibilidade para o Corpo somente vagar até que suas carnes sejam decompostas pelo tempo e ele desaparece por completo.

O ano é 1870 na fazendo olho D’agua na cidade de Aliança nasce numa família de pessoas muito católicas um menino, filho único daquele casal, o menino cresceu cheio de mimos dengos.Porém a  ama de leite, sempre que  o menino estava mamando ele batia em seus seios ele fala isso para a Sinhá mais ela não ligava. O menino foi crescendo e recebeu de batismo o nome de Pedro da Conceição, seu pai era João da Conceição e sua Maria Alva da Conceição. Pedro quando desde de pequena era muito agressivo que quem chegasse perto dele a ama de leite ele sempre maltratava puxando o cabelo e espetando com garfos e facas, os filhos dela sofriam mais pois o Pedro infligia a eles todos os seus sadismos mais perversos. Certa feita Pedro fez o filho mais novo da ama de leite pegar um brasa com a mão nua só para ele soltar um bomba de São João, outra vez o pequeno Pedro fez o menino segurar na mão direita uma bomba até que ele explodisse a bomba explodiu e os dedos do menino se estilhaçaram e mão ficou apenas com dois dedos o indicador e o polegar. Pedro também era cruel com sua mãe sempre xingando ela de louca e maluca, costumava bater no rosto da mãe sem nenhum motivo aparente, o pai nada fazia  pois achava que aquilo era de criança mesmo. Um dia na missa Pedro fez sua mãe cuspir a Eucaristia e pisou em cima na hóstia consagrada.Quando se tornou jovem la pelos 16 ou 17 anos a diversão de Pedro era ir na casa dos moradores da fazenda da fazenda do pai e desonrar as filhas das famílias, para contava agora com dois capangas que o auxiliavam e eram igualmente perversos eram o Mestre Lapada e o Nego Tinto. Nas comunidades próximas a fazenda Olho D’água todos temiam Pedro da Conceição sua crueldade era conhecida, ele costumava prometer casamento para as filhas dos outros fazendeiros somente para desonrar as filhas e divulgar por toda cidade , nesse período muitas famílias mandavam sua filhas para outras cidades sobretudo Recife e São Paulo, todos com medo de Pedro da Conceição. Quando grande Pedro ainda batia mãe e quando ela morreu foi porque Pedro querendo descer logo a escada a empurrou e ele rolou pelas escadas quebrando a bacia e morrendo semanas mais tarde Pedro pouco se preocupava com a fazenda que aos poucos foi se acabando dentro do matagal os bois morreram, os açudes secaram e só cresciam espinhos onde antes havia pasto e plantação. O Pai de Pedro viveu em desgosto pois seu filho não queria casar e ter filhos nem queria cuidar da fazenda que fora antes a maior produtora de leite da região, o velho tinha uma quantia em ouro guardada no porão da casa e um dia ele apareceu afogado no riacho que não cobre o pé de homem, alguns dizem que ele morreu outros que foi Pedro querendo o ouro que o matou e simulou o afogamento. Pedro ficou velho e pobre seus capangas um dia roubaram o que ainda tinha em sua casa e fugiram, os moradores foram todos em embora pois não havia mais trabalho e Pedro ainda continuava querendo desonrar as meninas da região. A última de Pedro foi derrubar a capela que seu havia construído em homenagem a Senhora da Conceição, ele vendeu as madeiras, os bancos, os vasos sagrados todos de ouro e prata, uma imagem da santa do século 17, herança de família, a custódia, o resplendor, o altar uma peça de Sucupira inteira e maciça entalhada por um artista português, as portas e janelas que eram de Cedro Rosa, e até o sacrário que era banhado a ouro ele vendeu, este último a paróquia a diocese através do Bispo ainda conseguiu comprar e outras peças que cidadãos piedosos adquiriram e doaram a diocese. Pedro seguiu sua vida desregrada até que adoeceu e sem ninguém para cuidar morreu só e abandonado, pessoas que passarem viram quem era, alguns ficaram aliviados e outros ficaram com medo querendo enterrar porque era coisa ruim. Pedro Morreu exatamente na encruzilhada onde ele ficava esperando as meninas passarem para o colégio onde muitas foram sua vítimas. O Pedro foi chamado e junto com alguns homens o levou a cemitério mais o povo não permitiu ele fosse sepultado em solo sagrado então abriram um cova fora do campo santo encostado ao muro de trás. Todos trataram de esquecer aquela figura terrível que fora Pedro de Conceição. Alguns anos depois crianças que pegavam manga atrás do cemitério viram um braço ossudo e seco para fora da terra em pouco tempo estava uma multidão ao redor daquele braço, quando chegou o padre ele disse “Pedro da Conceição virou corpo seco” e disse que isso ocorre quando a  alma é rejeitada por Deus e pelo Diabo, a unica solução era enterrar ele no campo santo e assim foi feito. O padre estava enganado semanas depois toda gente disse que tinha visto o corpo seco pelas estradas atacando as pessoas principalmente meninas e mulheres sempre a noite, seu cheiro de carne podre era sentido longe de onde ele estava e era sempre acompanhado por uma multidão de urubus no céu. O Bispo foi chamado e foi resolvido que Pedro, agora Corpo Seco, seria enterrado numa catacumba larga e profunda feita de granito e concreto, assim foi feito, 10 dias depois de enterrado a mão do corpo seco foi vista querendo sair para fora da catacumba, mais uma vez chamaram o Bispo que mandou fazer uma corrente de aço puro que foi benzida durante três dias e três noites e foi fundida ao redor da catacumba para segurar o Corpo Seco de Pedro da Conceição. Ainda hoje na cidade de Aliança pode ser vista uma catacumba acorrentada do Corpo Seco.

Gostou deste post, então da um like e comenta. Vlw :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s