Conto – Quanto Custa uma Tapioca?


Conto dois -Passeios

“Quanto Custa uma Tapioca”

“o que tem ai, moça”?
Ajovem gentil me responde, “Fécula de mandioca, coco e queijo”, “a nossa tradicional tapioca”.
1388512_429343180520819_1146652979_n
“queijo”? Sim,ela me responde “um punhado de mozzarella”.
Olho, e dou um sorriso, para aqueles lindos bijus recheados, a nossa “TradicionalTapioca” com queijo Italiano, “coisas da modernidade globalizada”, como aprendemos a dizer nestes novos tempos em Cuiabá.
Em um tabuleiro, estavam enfileiradas, todas iguais, branquinhas, envolvida em um saquinho, daqueles, tipo “cachorro quente”, ali, ao meu alcance, e oferecidas de forma simples, pratica e prontas, em um belo dia, ao entardecer em uma movimentada Rua do Recife.
Pego uma, como, deliciosa, quentinha e com um aroma tão agradável. Sabor de nordeste, momento único e maravilhoso, oferece aos dois Pernambucanos que me acompanhavam, “comem” eles sorriem, aproveite Chefe, me diz o amigo mais jovem, e aproveito, pedindo “me de três pra viajem”, em minha terra só em feiras e em poucas, temos tapiocas, e com todos os tipos de recheios. Todas “Tradicionais”.
A “Tradicional Tapioca”, com variados recheios, e com queijo “mozzarella”, qual a diferença?Muitos comem a famosa “Pamonha com Queijo”, e nem percebem se o queijo é Italiano ou das Minas Gerais, ou se as milhosas são feitas em Goiás, isso étradicional, ou não?
A tradição, às vezes, vem da necessidade, das dificuldades, e da cultura popular. Herança adquirida durante toda uma vida, e passada as futuras gerações de forma simples e vivenciadas, poucas são por escritos.
Voltamos as “Tradicionais Tapiocas”. No Recife, elas são comuns, assim como para eles não há café da manhã sem “Cuscuz” com acompanhamentos, ou não. Porém, até que ponto é tão tradicional? Ou será, uma necessidade proveniente da realidade de um povo sofrido e moldado nas lutas do dia a dia, sendo assim, coisas para matar a fome.
Os meus olhos correm ao largo, vejo, o mar, coisa rica, e nesse momento em minha mente, vem à lembrança,o encontros das águas e as nossas “cachoeiras” em pleno cerrado brasileiro. Também somos privilegiados, mesmo que momentaneamente esquecidos.
A riqueza Brasileira se encontra no eixo “sul, sudeste”, as outras regiões, às vezes,édeixada a parte, marginalizadas. Na verdade as melhores condiçõesestão ali, na rota do turismo, no diferente Brasil. Não podemos deixar de verificar que nem todos têm condições, mesmo que façam os seus projetos, de participarem de grandes atividades, dizer que todos são iguais e ignorar a realidade a um palmo de sua própria face.
Comendo outra “Tradicional Tapioca” da sacola, daquelas “pra viagem”, vejo uns jovens descalço correndo na praia, muitos, nascem, crescem e morrem, aqui, neste paraíso, e muitos tem em uma única “Tradicional Tapioca” o seu alimento de todo um dia, porém, mostram uma alegria e felicidade contagiante, que não se vê nas outras grandes cidades de construções exuberantes. Aqui se vive, liberdade.
Vontade de gritar, de dizer, como e fácil, fazer a “Tradicional Tapioca”, só “Fécula de mandioca, coco e queijo”, podendo usar o tal queijo italiano “mozzarella”, a massa e a mesma, com pequenas mudanças no recheio, à receita e de todos, livre, a variação é apenas na forma de fazê-la, podem usar de criatividade, à vontade.
A “Tradicional Tapioca” é do nordeste, porém, apreciada em todo o Brasil, hoje, já com as características regionais ou locais, sabor da terra, a “Tradicional Tapioca” caiu no gosto popular, não é verdade? Um número maior de pessoas pode experimentar e se deliciar, no nordeste umas 70.000 (setenta mil) pessoas as degustam, podendo ser mais. Agora, quem sabe, com a regionalização e gosto locais, e levados a todos os cantos do Brasil do esquecimento, 2.000.000 (dois milhões) de pessoas, podem comer, não será ótimo, quem tiver competência se estabeleça.
Pego a carteira, pagar e partir tem voo à noite, uma nota de R$ 20,00 (vinte reais), dou meia volta e inicio a andar. Um puxão em meu braço, e ouço a voz suave em minhas costas “ei moço, tem troco”, viro e vejo o sorriso, e nas mãos da jovem a devolução do troco, R$ 12,00 (doze reais), pego, agradeço, fico meio sem jeito, despeço-me e desejando a jovem, boas vendas das suas “Tradicionais Tapiocas”.
Andando. Fico um minuto calado, só analisando, e em meu rosto o tradicional sorriso de boboca. Em Cuiabá uma tapioca é em media R$ 5,00 (cinco reais), já comi em São Paulo, tapiocas “não Tradicionais” á R$ 8,00 (oito reais), R$ 10,00 (dez reais).
Bem, ainda uso “óculos escuros” com grau, não enxergo muito bem com a claridade, sendo estes uma necessidade. Porém, agora não uso mais “chapelão escoteiro”, não vejo nisso o que os outros veem “Tradição”, nada contra quem os usa, na verdade, gosto das questões regionais, já imaginou a diversidade cultural Brasileira dos “chapéus”, uma Tropa Escoteira com chapéu de cangaceiro, ou de vaqueiro, de gaúcho, lindo mesmo são o chapéu pantaneiro.
A antes que finalize e esqueça, nas ruas do Recife, Pernambuco, o preço da “Tradicional Tapioca” é R$ 2,00 (dois reais). Agora, quero ver “o cabra macho”,que se habilita a ir lá, é queira tentar mudar a cultura desse povo.

Chefe Everson Sanchez – DCC
Coordenador Geral da “CBE”
P.S.: Os Contosda série “Passeios” sãouma obra de ficção, qualquer semelhança é mera coincidência.
Em breve o conto três – Passeios, “Águas Salgadas”,um tributo aos Escoteiros FlorestaisdeMaceió das Alagoas.

Um comentário sobre “Conto – Quanto Custa uma Tapioca?

  1. Estive procurando receitas com fruta pão e encontrei vocês, moro em Governador Valadares MG
    e na minha cidade tem um pé de fruta pão de caroço que segundo informações veio da Itália. Produzi quatro mudas para amigos, se quiserem posso enviar sementes e postar fotos. Aqui em Valadares são pouquíssimas pessoas que se interessam, a maioria nunca ouviu falar de fruta pão de carroço. Amo plantas roseduarte.2041@hotmail.com

    Curtir

Gostou deste post, então da um like e comenta. Vlw :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s